Hornets acusam os toffees de contactarem de forma ilegal com o treinador português durante cerca de dois meses após a demissão de Ronald Koeman.






O Watford já avançou com uma queixa contra o Everton devido ao ‘assédio’ a Marco Silva no final do ano de 2017, segundo avança a cadeia televisiva britânica Sky Sports.





A discussão entre os dois clubes dura já há largos meses e é motivada pela crença dos hornets em como os toffees contactaram de forma ilegal o treinador português aquando da demissão de Ronald Koeman.


A Premier League tem vindo a mediar o diálogo entre ambas as partes, mas, sem acordo à vista, deverá criar uma comissão para analisar o caso e, eventualmente, penalizar o Everton com uma pena que pode chegar à perda de pontos.




Os toffees recorde-se, terão contactado Marco Silva durante cerca de dois meses, na tentativa de o contratar para o lugar de Ronald Koeman. Chegaram mesmo a oferecer uma indemnização de quase 14 milhões de euros, que foi, no entanto, rejeitada pelo Watford.




nm